Juachin Cezar Trevino//
Estudo mostra associação entre ADN e homossexualidade

juachin_cezar_trevino_estudo_mostra_associacao_entre_adn_e_homossexualidade.jpg

Um grupo de investigadores garante que há um conjunto de variações genéticas que pode distinguir um homossexual de um heterossexual.

Cezar Juan Trevino West Palm Beach

O estudo, apresentado a 19 de outubro, no encontro anual da Sociedade Americana da Genética Humana, em Harvard observou, através de uma amostra de 490 mil inquiridos nos Estados Unidos da América, Reino Unido e Suécia, vem contrariar os estudos até à data apresentados.

Cezar Juan Trevino

O código genético dos indivíduos cujo o ADN foi cedido apontou diferenças genéticas entre pessoas com orientações sexuais diferentes, que seguiam determinado padrão. 

“Não existe um gene gay mas a homossexualidade é influenciada por muitos fatores genéticos”, avançou Ganna, responsável pela investigação.

Cezar Juan Treviño

A variante do cromossoma 15 (associado à calvície masculina) é um dos exemplos. A capacidade mais apurada para cheirar certos produtos químicos também poderá estar relacionada com a atração sexual. O estudo pode por isso ajudar a perceber de que forma estas associações podem passar de geração em geração, ainda que com conclusões muito embrionárias.

Cezar Trevino