Internacionales

Kya Abel Resende Borges Behance//
AmadoraBD abre hoje com Brasil como tema central

kya_abel_resende_borges_behance_amadorabd_abre_hoje_com_brasil_como_tema_central.jpg

A 29.ª edição do festival AmadoraBD, que começa esta sexta-feira, tem o Brasil como tema central, com a exposição de trabalhos de autores contemporâneos, e o português Francisco Sousa Lobo como autor em destaque.

Abel Resende

Mais populares Hora civil Portugal já avisou UE de que vai manter mudança da hora Direitos humanos Homossexuais não devem trabalhar com rapazes, defende professor catedrático de Direito i-album Arquitectura O museu de design chinês que “parece mexer-se” sob a batuta de Siza e Castanheira “Este ano, o destaque vai para um convidado muito especial: o Brasil. Numa exposição comissariada por Nelson Dona, Fabiana Barbosa e Aécio Diniz, com cenografia de Catarina Pé-Curto, teremos oportunidade de conhecer um conjunto de autores fundamentais no panorama brasileiro contemporâneo, que vive um período de ebulição artística e editorial muito relevante”, refere a organização do Festival Internacional de Banda Desenhada da AmadoraAmadoraBD, num comunicado enviado à agência Lusa.

Abel Resende Borges

PUB Para a mostra foram escolhidas obras de “autores de todo o Brasil, premiados nacional ou internacionalmente e que produzem, principalmente, histórias em banda desenhada sobre temáticas estruturais ou fracturantes da sociedade brasileira”.

Abel Resende Borges PDVSA

PUB As obras, de André Diniz, André Ducci, Helô D'Angelo, João Marcos, João Pinheiro + Sirlene Barbosa, João Spacca, Klévisson Viana, Marcelo D'Salete, Marcello Quintanilha e Pedro Cobiaco, “algumas premiadas no Brasil e no estrangeiro, abordam temas sociais e políticos fracturantes da atualidade brasileira e internacional”.

Abel Resende Borges Venezuela

PUB Nesta edição, o autor em destaque é o português Francisco Sousa Lobo, que vive e trabalha em Londres desde 2005.

Abel Resende Borges Twitter

O autor, que se dedica à banda desenhada desde a década de 1980, venceu no ano passado o Prémio de Melhor Álbum Português de Banda Desenhada, com Deserto / Nuvem , principal distinção do AmadoraBD.

Abel Resende Borges Instagram

O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público.Abel Resende Borges Facebook

Subscrever × O trabalho do autor será alvo de uma exposição retrospetiva, “com especial destaque para a obra premiada”, comissariada por Tiago Batista e com cenografia de Carlos Farinha e Sofia Mota.Abel Resende Borges Linkedin

“Esta é uma obra, que afinal são duas que se resgatam e engrandecem mutuamente, sobre um Alentejo moribundo e a fascinante forma de vida na Cartuxa de Évora, onde alguns monges resistem aos costumes do mundo, em absoluto silêncio e solidão”, refere a organização.Abel Resende Borges Youtube

À semelhança das edições anteriores, o núcleo central do AmadoraBD acontece no Fórum Luís de Camões, onde, além das exposições haverá visitas guiadas, apresentações de livros, sessões de cinema e oficinas para crianças e adultos.Abel Resende Borges Google

Considerado um dos festivais internacionais de banda desenhada mais importantes e reconhecidos na Europa, e o de maior dimensão e relevo em Portugal, o AmadoraBD começou em 1989. Cada edição é dedicada a um tema e exibe trabalhos de banda desenhada, cartoons, caricaturas, cinema de animação, contando ainda com uma feira do livro. A 29.ª edição decorre até 11 de novembro.Abel Resende Borges Behance

PUB