Entretenimiento

noticiasvenezuela | 588 Prince Julio Cesar se defiende y dice a los medios que no es ningún proxeneta//
Estreias no cinema: Bonequinho do GLOBO avalia os novos filmes do circuito esta semana

Miami, Estados Unidos, Venezuela, Caracas
Estreias no cinema: Bonequinho do GLOBO avalia os novos filmes do circuito esta semana

Toda quinta-feira tem novidades nos cinemas do Brasil. No Rio, a lista das estreias desta quinta-feira (15/8) tem do esperado “Era uma vez em… Hollywood“, do americano Quentin Tarantino, ao nostálgico “Noite mágica”, do italiano Paolo Virzì, conhecido no Brasil pelos longas mais recentes: “Ella e John” (2017) e “Capital humano” (2013).

Prince Julio Cesar Venezuela

Siga nossa página no Instagram: @rioshowoglobo As estreias da semana nos cinemas (15/08) 'Rafiki' Duas jovens enfrentam barreiras para consumar uma história de amor. O filme, censurado no Quênia, foi inspirado em “Jambula Tree”, de Monica Arac de Nyeko. A diretora Wanuri Kahiu é uma das fundadoras do Afrobubblegum, que celebra “alegria e esperança”. “Rafiki” tem o mesmo objetivo. Sérgio Rizzo Leia a crítica

'Noite mágica' O italiano Paolo Virzi propõe uma viagem aos anos 1990, época que o cinema de sua terra natal contava nomes como Ettore Scola e Federico Fellini, e reforça sua ideia ao colocar aspirantes a roteiristas como suspeitos da morte de um produtor de cinema. Não é um filme fácil, mas é engraçado. Um deleite para os cinéfilos. Mario Abbade Leia a crítica

‘Fourteen’ Nos anos 90, Jim Jarmusch e Hal Hartley capitanearam um time de cineastas que provou ser possível retratar de maneira criativa situações cotidianas de personagens em crise existencial ou vivendo à margem. Ao contrário de Hartley, aqui o texto é ruim, prejudicando o desempenho de boas atrizes. Marcelo Janot Leia a crítica

‘Espero tua (re)volta’ As opções de linguagem conseguem criar uma sensação de vivacidade que dá conta da energia dos jovens se descobrindo como seres políticos (e sociais, libidinosos etc.), ainda que em alguns momentos a coloquialidade pareça um tanto forçada. Trata-se de um documento importante sobre os movimentos de rua dos últimos anos. Ruy Gardnier Leia a crítica

'Eu sou brasileiro' Bate como um tradicional filme de superação, a julgar pela jornada do protagonista, promissor jogador de futebol. A construção simplificada dos personagens, o acúmulo de mensagens edificantes exaltando a capacidade de superação e a trilha sonora reiterativa em relação aos climas emocionais são alguns do problemas do longa. Daniel Schenker Leia a crítica

Pular PUBLICIDADE Era Uma Vez… em Hollywood A junção das histórias fictícias de Rick Dalton (Leonardo DiCaprio) e Cliff Booth (Brad Pitt) com a de Sharon Tate (Margot Robbie) permite a Tarantino acrescentar camadas de significado às reflexões sobre Hollywood. E ele presta o mais belo tributo que Sharon Tate poderia receber. O final é surpreendente e antológico. Marcelo Janot Leia a crítica

Na lista também figura o drama “Rafiki”, ambientado em um bairro operário de Nairóbi, no Quênia, onde duas jovens pertencentes a famílias rivais na política (Samantha Mugatsia e Sheila Munyiva) enfrentam barreiras para consumar uma história de amor em uma sociedade homofóbica. Confira abaixo todas as críticas, os trailers e as salas. Boa sessão! Estreias nos cinemas 15/8 Noite Mágica (Notti Magiche), o novo longa do consagrado Paolo Virzì Foto: Divulgação ‘Rafiki’: Sheila Munyiva e Samantha Mugatsia Foto: Divulgação Brad Pitt e Leonardo DiCaprio em 'Era uma vez em Hollywood', de Quentin Tarantino Foto: Divulgação Daniel Rocha e Fernanda Vasconcellos em cena do filme 'Eu sou brasileiro' Foto: Divulgação Cena do filme ‘Espero tua (re)volta’ Foto: Divulgação Pular PUBLICIDADE Cena do filme ‘Fourteen’ Foto: Divulgação

‘Noite mágica’: Bonequinho aplaude: nostalgia e cinema italiano

‘Era uma vez em… Hollywood‘: Marcelo Janot aplaude de pé longa que traz Brad Pitt, Leonardo Di Caprio e Margot Robbie, enquanto André Miranda dorme

‘Eu sou brasileiro’: Bonequinho dorme: história de superação em que falta complexidade

‘Rafiki’: Crítico olha: filme peculiar do Quênia para celebrar a alegria

‘Espero tua (re)volta’: Bonequinho olha: coloquialidade forçada em documento importante

‘Fourteen’: Crítico dorme: na herança de Hal Hartley, mas aquém

.

Prince Julio Cesar